TURISMO RELIGIOSO - Sertãozinho enriquece turismo religioso, e celebra o Caminho da Fé, com Lançamento do Ramal Padre Donizetti

Mapa com as cidades do percurso do Caminho da Fé no Estado de São Paulo: turistas peregrinos podem optar por partir de Sertãozinho para o trajeto completo até Aparecida, ou para realizarem o Ramal Padre Donizetti até Tambaú
10/07/2018

Gratidão, fé e religiosidade foram os sentimentos deste último sábado, 30 de junho, quando foi realizado o evento de Lançamento do Ramal Padre Donizetti, no Parque do Cristo Salvador de Sertãozinho.

A ação, que foi organizada pela Prefeitura Municipal de Sertãozinho (Secretaria de Cultura e Turismo) em parceria com a Associação dos Amigos do Caminho da Fé e Prefeitura de Tambaú, contou com a participação de diversas autoridades religiosas e municipais, dentre elas o prefeito, Zezinho Gimenez; a primeira-dama e secretária de Assistência Social e Cidadania, Tatiane Cristina Pereira Guidoni; o vice-prefeito, Nilton César Teixeira; o vereador Lúcio Martins de Freitas, representando a Câmara Municipal; o secretário municipal de Cultura e Turismo, José Adilson dos Santos; e o presidente da Associação dos Amigos do Caminho da Fé, Almiro Grings.

O prefeito Zezinho Gimenez aproveitou a oportunidade para destacar a importância do turismo religioso. “Sertãozinho recebeu este ano o título de Município de Interesse Turístico (MIT). Agora, nós desejamos trabalhar para que a cidade, em breve, receba o título de estância turística, e o turismo religioso contribui muito para este projeto, além de colaborar com a economia do município”, declarou.

Em síntese, o evento representou uma bela homenagem ao Padre Donizetti (sacerdote que viveu em prol da caridade e está em processo de beatificação junto ao Vaticano), dando seu nome ao ramal que liga Sertãozinho a Tambaú, possibilitando que, os peregrinos que escolherem sair de Sertãozinho, percorram 147 km até Tambaú, recebendo no Santuário do Padre um certificado Mariano que atesta a participação do peregrino no Caminho da Fé – Ramal Padre Donizetti.

Durante a celebração religiosa, os peregrinos (ciclistas e caminhantes) foram abençoados pelo padre Marcos Roberto Carlos, da Paróquia São Paulo Apóstolo, antes de começarem o percurso.

Alcino Silva, um dos caminhantes, veterano em peregrinações, acredita que a jornada “serve para que possamos valorizar a vida, mostrar o quanto somos pequenos diante de Deus, e essa é a ideia, nos aproximar de Deus”.

Felipe de Souza Rissi, também peregrino caminhante, destacou o aprendizado. “Espero que possamos aprender com a paciência e o tempo, que encontremos pessoas que nos mostrem o sentido da vida e da fé; tenho certeza que a experiência será incrível”, finalizou.

Sobre o Caminho da Fé:

O Caminho da Fé, inspirado no milenar Caminho de Santiago de Compostela (Espanha), foi criado para dar estrutura às pessoas que sempre fizeram peregrinação ao Santuário Nacional de Aparecida, oferecendo-lhes os necessários pontos de apoio.

Inaugurado em 11/02/2003, na cidade de Águas da Prata/SP, o Caminho da Fé pode ter seu traçado sempre alterado, visando agregar outras cidades.

Estradas vicinais, trilhas, bosques e asfalto são alguns dos ambientes por onde o peregrino vai reforçando sua fé, observando a natureza privilegiada, e superando as dificuldades do Caminho, que é a síntese da própria vida. Aprende que o pouco que necessita cabe na mochila e vai despojando-se do supérfluo.

A partir de agora, Sertãozinho, que já era oficialmente o ponto de partida do Caminho da Fé (que termina na cidade de Aparecida), passa a ser o ponto de partida também do Ramal Padre Donizetti, que também engloba os municípios de Dumont, Cravinhos, São Simão e Santa Rosa de Viterbo, até terminar em Tambaú. (Departamento de Comunicação PMS)