TSE barra biometria nas eleições municipais

TSE barra biometria nas eleições municipais
27/07/2020

A eleição municipal deste ano não contará com uma das tecnologias mais recentes da Justiça Eleitoral Brasileira, a biometria. O Tribunal Superior Eleitoral acatou a recomendação de um grupo de infectologistas que alertou para o risco de contaminação da Covid-19 por meio do aparelho.
De acordo com os infectologistas, a biometria oferece dois riscos no dia de votação. O primeiro é a contaminação por meio do leitor, que não pode ser higienizado com frequência. O segundo é que o uso da tecnologia torna o processo do voto mais demorado, o que gera a aglomeração de pessoas em zonas eleitorais.
O TSE informou que o registro do eleitor no dia da votação será por meio do tradicional caderno. A medida ainda será votada em plenário do Tribunal no retorno do recesso Judiciário.
Uma cartilha com os cuidados de higiene para o dia da eleição foi disponibilizada no site www.tse.gov.br.
O adiamento do pleito de outubro para novembro foi definido pelo TSE e aprovado pelo Congresso Nacional.
As novas datas são, 15 de novembro para o primeiro turno e 29 de novembro para segundo turno. (Com informações do BR Mais News)