SOCIAL - 11ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente será realizada no dia 26

Registro da participação de crianças e adolescentes na 7ª Conferência Lúdica realizada na segunda-feira, dia 17
26/09/2018

Na quarta-feira, dia 26, às 8h15, no Auditório da Faculdade Anhanguera, acontece a 11ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do município de Sertãozinho, que tem como tema central: “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”.

A Conferência Municipal abre um espaço deliberativo, que visa à consolidação do princípio Constitucional de Prioridade Absoluta, que tem como objetivo, mobilizar todo o município para a construção de propostas para a afirmação do princípio da proteção integral de crianças e adolescentes nas políticas públicas, fortalecendo as estratégias/ações de enfrentamento às violências e considerando as diversidades.

O evento é organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), com apoio da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania.

Vale destacar que, todas as instituições do Sistema de Garantia de Direitos das Crianças e Adolescentes (SGDCA), assim como os profissionais que atendem esse segmento e suas famílias, os usuários de serviços sociais (crianças e adolescentes) e instituições do setor produtivo; além de todos aqueles que de forma direta ou indireta possam exercer sua contribuição ou tenham interesse pelo tema, estão convidados a participar. Não é necessária inscrição prévia e o evento é gratuito.

A Faculdade Anhanguera fica localizada à avenida Antônio Paschoal, 1.954 - Jardim São José.

Recapitulando

Cumprindo o cronograma de ação da Conferência, na segunda-feira, 17, aconteceu a modalidade lúdica da Conferência dos Direitos da Criança e do Adolescente, no Centro de Artes e Esportes Unificados “Eurídes Ferraz Teixeira” (CEU das Artes), que priorizou a participação de crianças e adolescentes.

Na ocasião, o tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências” foi abordado de forma lúdica junto aos participantes, por meio de intervenção teatral. (Departamento de Comunicação PMS)