Situação de Emergência em Saúde vale para Sertãozinho até 05 de abril

30/03/2020

Conforme o Decreto nº 7.585, de 21 de março de 2020, o prefeito Zezinho Gimenez declarou Situação de Emergência em Saúde Pública no município de Sertãozinho – condição válida até o dia 05 de abril. O documento também estabelece medidas preventivas em razão da disseminação do coronavírus.
Dentre as principais medidas restritivas, que visam conter a circulação da população pelos próximos dias, estão a suspensão de todas as atividades e serviços privados não essenciais, a exemplo de academias, centros esportivos, atrativos turísticos, shopping centers, cinemas, teatros, casas noturnas, boates, bares, casas de espetáculos, museus, centros culturais, bibliotecas, clínicas e centros de estética, institutos de beleza e comércio em geral.
Como exceções, seguem em funcionamento distribuidoras e revendedoras de gás, revendedores de material de construção, oficinas mecânicas, postos de combustíveis, serviços de entrega em domicílio, drogarias e farmácias, pet shops, lavanderias, hotéis, comércio varejista de materiais médico-hospitalares e de materiais recicláveis, além de estabelecimentos de gêneros alimentícios (mercados, supermercados, hipermercados, mercearias, padarias, açougues, comércio varejista de bebidas e de chocolates, e lojas de conveniência), observando-se a ocupação máxima de uma pessoa a cada 4 metros quadrados da área de circulação do estabelecimento, sem acompanhante.
Restaurantes e lanchonetes não poderão ter atendimento presencial, somente entrega domiciliar (delivery) ou sistema drive-thru. “Nesse ponto é importante salientar que, uma alteração do decreto que passou a vigorar no último dia 25, permite a venda em sistema delivery ou drive-thru para os demais estabelecimentos com atividades suspensas. Reforçamos que os estabelecimentos de gêneros alimentícios devem ficar atentos, pois é proibido o consumo dos alimentos em seus interiores”, recomenda a chefe da Vigilância em Saúde, Karina Solano Cândido.
O decreto também engloba medidas direcionadas às repartições públicas e seus servidores, além de recomendações para indústrias, transporte coletivo e outros setores. “É importante destacar que estamos atentos à situação epidemiológica em nosso país, estado e município, e que, a qualquer momento, novas medidas podem ser incluídas no decreto original. Nosso Comitê deve se reunir na próxima semana, para avaliar a manutenção, intensificação ou término das medidas emergenciais”, explica o prefeito Zezinho Gimenez.

Fiscalização

Um importante sistema de fiscalização foi montado para averiguar o cumprimento das medidas constantes do Decreto nº 7.585, que conta com a participação de fiscais da Vigilância Sanitária e do Departamento de Fiscalização de Posturas, e com apoio da Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e OAB.
Para denunciar casos de desrespeito às normas em vigor no município ou em Cruz das Posses, o cidadão deve ligar para:

- Ouvidoria: de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h, ligue 156 (somente de telefones fixos) ou 2105-1006 (telefones fixos e celulares);

- Após as 17h, aos sábados e domingos, ligue 199 (GCM). (Departamento de Comunicação PMS)