SAEMAS intensifica cortes no fornecimento de água devido a aumento na inadimplência

Somente funcionários devidamente uniformizados podem realizar o corte no fornecimento de água
13/03/2019

Durante o primeiro bimestre de 2019, o SAEMAS registrou aumento da inadimplência em relação aos anos anteriores. Para evitar que esses números cresçam ainda mais, a autarquia intensificou os cortes no fornecimento de água, que vêm sendo realizados com maior frequência desde o ano de 2015. Essa ação vem ajudando o SAEMAS a equilibrar as contas relativas aos serviços de tratamento e fornecimento de água.

O morador passa a ser considerado inadimplente após 10 dias de atraso no pagamento da conta. Constatada a inadimplência, o morador ou o responsável recebe uma notificação informando que, a partir daquela data, terá prazo de 30 dias para regularizar a situação.

O morador, sendo proprietário do imóvel ou inquilino, pode regularizar suas pendências na Central de Atendimento ao Cidadão, situada no Poupatempo de Sertãozinho, de segunda a sexta, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h. Os moradores residentes em Cruz das Posses podem procurar a Central de Atendimento na Subprefeitura do Distrito.

Para regularizar as contas em atraso você precisa realizar o pagamento à vista, ou então parcelar o valor total ou parte dele em até 60 vezes, desde que a parcela mínima seja de R$ 30,00. A data de vencimento da primeira parcela será a mesma do dia da negociação.

Nos casos em que o morador ignorar a notificação com o aviso de corte ou em que se constata a ausência de moradores no local, o corte do fornecimento de água é realizado no cavalete do hidrômetro, após vencido o prazo do aviso. Uma vez suspenso o fornecimento, o morador passa a ser obrigado a pagar, além das contas atrasadas, a taxa pública de religue, que atualmente está estipulada em R$ 54,86.

Quando há impedimento por parte do morador ou o cavalete está em local inacessível, o corte passa a ser feito na calçada, desativando o ramal. Nesse caso, a taxa pública de religue é de R$ 136,04. 

Se o SAEMAS identificar que, após a suspensão do fornecimento de água, o morador desfez o corte e realizou o religue por conta própria, este pode sofrer as penalidades e responder por intervenção irregular.

Após a regularização das contas, com devido pagamento junto ao banco, o morador deve aguardar o prazo de até 48 horas para o religue. Para tranquilizar os moradores, o SAEMAS informa que os religues são realizados, em sua a maioria, no mesmo dia após a regularização.

Para evitar golpes, observe se o funcionário está devidamente uniformizado, utilizando veículos com a logo da autarquia e de posse dos dados do consumidor. Na dúvida, ligue para o Setor de Cortes do SAEMAS pelo número 3946-4646 e confirme se o serviço está agendado para o seu endereço. 

O morador não deve fazer qualquer tipo de pagamento para pessoas que se apresentarem visitando o local em nome da autarquia. As negociações só podem ser realizadas nas Centrais de Atendimento ao Cidadão.

Anote os endereços:

Central de Atendimento ao Cidadão de Sertãozinho

Poupatempo: Rua Jordão Borghetti, 1661 - Jardim São José.

Atendimento de 2ª a 6ª, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h.

Central de Atendimento de Cruz das Posses

Subprefeitura: Rua Tenente Isaías, 910. 

Atendimento de 2ª a 6ª, das 8h30 às 11h30 e das 13h às 17h. (Departamento de Comunicação PMS)