Pavimentação asfáltica: em Sertãozinho e Cruz das Posses, o assunto é levado a sério

Recape sendo realizado no bairro Belo Horizonte do Tambury
09/04/2019

De acordo com o último levantamento publicado pelo DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito), Sertãozinho é um município com uma frota de veículos automotores bastante movimentada: o órgão possui registrados mais de 90 mil veículos, entre automóveis, caminhões, ônibus, caminhonetes, motocicletas e outros que não circulam com tanta frequência nas vias urbanas, como os tratores, por exemplo. Imagine, então, a importância de uma pavimentação asfáltica de qualidade?

Por esse e outros motivos, como a segurança dos condutores e a redução das chances de acidente por asfalto em má conservação, que a Administração Municipal leva a sério e trabalha com afinco realizando recuperação asfáltica e/ou recapeamento, em diversos bairros do município de Sertãozinho e do distrito de Cruz das Posses.

Atualmente, estão em execução quatro contratos de recapes que, somados, somam mais de R$ 15 milhões.

Um dos contratos em andamento, no valor de R$ 5 milhões, se refere a um financiamento junto à Agência Estadual Desenvolve-SP, que já beneficiou ou ainda irá beneficiar os seguintes pontos: Av. Eduardo Tonielo (acesso aos condomínios); Jardim Santa Clara; Jardim Santa Marta; Conj. Hab. Luiz Carlos Zequim; Conj. Habit. Ulysses S. Guimarães; Walter A. de Pádua Becker; Av. João Sverzut; Av. Cezar Mingossi; Av. Fioravante Magro; Conj. Hab. Antonio Pedro Ortolan; Av. Hideo Takada; Jardim Guido Domenici; Jardim Athenas; Jardim 5 de Dezembro; Jardim Eugênio Mazer; Jardim 1º de Maio; Jardim Bonsucesso; Shangri-lá; Av. Pedro Strini; Jardim Alexandre Balbo; Jardim Santa Paula; Jardim Belo Horizonte do Tambury; Rua Pedro Canesin; Av. Vicinal Octávio Verri e o bairro Wilson Bernardi.

A munícipe Leda Rossini, moradora do Jardim Alexandre Balbo, comentou sobre sua satisfação com a obra. “Eu nunca me queixei dos asfaltos de Sertãozinho, mas, com certeza, depois de todos esses recapes ficou muito melhor, principalmente, para os condutores que transitam todos os dias para ir trabalhar”, analisou.

Outro contrato, no valor de R$ 3 milhões, é oriundo de um convênio com o Governo do Estado, e tem por objetivo o recape de ruas e avenidas localizadas nos bairros Jardim Nova Sertãozinho; Shangri-lá; Centro; Jardim Alexandre Balbo; Av. Vicinal Octavio Verri; Jardim Montreal; Conj. Hab. Maurilio Biagi; Conj. Hab. Antonio Pedro Ortolan; Av. Adelino Fortunato Simioni; Jardim Campo Alegre; Jardim Gimenes; Jardim Santa Barbara; Conj. Hab. José Garcia da Costa; Jardim Eldorado; Jardim Alto Alegre; Distrito Industrial; Maria Lúcia Biagi Americano e Jardim Nassim Mamed.

A qualidade da conservação asfáltica da cidade é vista com bons olhos por quem ganha a vida dirigindo, como Maik da Silva Santa Rosa, morador de Sertãozinho e motorista de aplicativo. “Sempre vi a cidade bem pavimentada, é claro que em alguns locais estavam realmente precisando de recapeamento; e como sou motorista de aplicativo que percorre o município praticamente todos os dias, é sempre bom um asfalto de qualidade”, comentou.

O terceiro contrato, no valor de R$ 3.598.699,64, conta com emendas parlamentares dos deputados federais Orlando Silva (PC do B) e Baleia Rossi (MDB), e vem contemplando ruas e avenidas em Cruz das Posses (Jardim Ouro Verde); no Jardim Helena; Jardim Paraíso I e II; Jardim Campo Belo; Jardim Boa Vista; Jardim Europa I e II; Av. José Ferreira Fontes; Av. Nossa Senhora Aparecida (São João); Vila Industrial e Av. Nossa Senhora Aparecida (Cohab II).

O contrato cuja execução teve início mais recentemente é da ordem de R$ 3,9 milhões, e se deu por meio do Programa Via SP – Agência Desenvolve SP, com a finalidade de promover a duplicação da Rodovia Antônio Sarti; o prolongamento da Av. João Sverzut; a pavimentação de ruas na Vila Garcia e recapeamentos diversos no Distrito de Cruz das Posses.

O que parece comum para o sertanezino é considerado “artigo de luxo” para quem visita Sertãozinho. O turista David Atecrino de Lacerda Barberá, morador de Ribeirão Preto, se disse impressionado. “Não tenho queixas sobre Sertãozinho, é uma cidade que gosto muito. E sobre asfalto ruim, é algo que Sertãozinho não tem. Venho para cá poucas vezes, mas, buraco é algo que nunca vi; é um município bem cuidado”, finalizou. (Departamento de Comunicação PMS)