ETANOL - Uso na frota das sucroalcooleiras pode substituir cerca de 3 milhões de litros de diesel no Brasil

A utilização do etanol apenas nas frotas de veículos das usinas sucroalcooleiras brasileiras pode evitar que cerca de 3 milhões de litros de diesel sejam usados a cada ano pela agroindústria
17/10/2017

A proposta, que será debatida pelo INEE - Instituto Nacional de Eficiência Energética - no IV Seminário Sobre Etanol Eficiente, permite não apenas economia para as usinas, mas também reduz a poluição ambiental. Evento será realizado no dia 25 de outubro em Jundiaí e também discutirá as barreiras e as perspectivas de uso do Certificado de Redução de Emissões a ser criado pelo programa RenovaBio.

A utilização do etanol apenas nas frotas de veículos (caminhões, carros, tratores etc.) das usinas sucroalcooleiras brasileiras pode evitar que cerca de 3 milhões de litros de diesel sejam usados a cada ano pela agroindústria. As vantagens seriam a economia para as usinas de cana-de-açúcar, já que passariam a utilizar o combustível que elas próprias produzem, e a redução significativa dos impactos ambientais, inclusive da poluição do ar, provocados pelo diesel.

O tema estará em debate no IV Seminário Sobre Etanol Eficiente, que será realizado no Tech Center Mahle (Rodovia Anhanguera, sentido interior-capital, KM 49,7), no dia 25 de outubro, das 8h30 às 17h. O evento é organizado pelo INEE – Instituto Nacional de Eficiência Energética. As discussões são do interesse da agroindústria da cana, dos fabricantes de automóveis, dos investidores institucionais, das agências reguladoras, licenciadoras e financiadoras dos governos federal, estadual e municipal relacionadas aos temas de energia e meio ambiente e dos centros de ensino e pesquisa. O evento é patrocinado pela Mahle e pela Copersucar e conta com o apoio da Sociedade dos Engenheiros Automotivos.

O Seminário sobre Etanol Eficiente também propõe a avaliação das questões tecnológicas, das principais barreiras e das perspectivas de uso do CRE - Certificado de Redução de Emissões - a ser criado pelo programa RenovaBio. As inscrições podem ser feitas no site www.inee.org.br, onde também pode ser encontrado o programa completo do Seminário.

Vantagens do etanol

“O uso do etanol sempre foi reconhecido pela sua vantagem ambiental, mas era muito questionado pela autonomia dos carros com a gasolina. Usando motor a etanol apropriado, no entanto, testes comprovaram que motores a etanol já conseguem alcançar eficiências bem mais elevadas, que permitem competir com os combustíveis fósseis”, explica o diretor geral do INEE, Jayme Buarque de Hollanda.

Recentes desenvolvimentos de motores a etanol indicam que, além das vantagens ambientais, são mais compactos e podem inclusive competir com motores a diesel diretamente ou em sistemas híbrido-elétricos. Além das usinas, o etanol também poderia substituir o diesel nas frotas dos veículos de transporte coletivo das grandes cidades nas quais os índices de poluição do ar já são alarmantes.

O INEE defende a necessidade de o Brasil produzir veículos com motores próprios para uso do etanol. “O etanol não pode ser mais visto como um combustível alternativo. Ao contrário do que acontece hoje, o correto é que o etanol seja o combustível principal dos motores que, eventualmente, poderiam usar outros combustíveis como alternativos”, diz Jayme Buarque de Hollanda. (Informações Ateliê da Notícia)