CRIME - Polícia Federal prende suspeito de compartilhar pornografia infantil na Internet

suspeito foi preso com diversos conteúdos de pornografia infantil. Homem de 59 anos não teve o nome divulgado
02/10/2017

Eddie Nascimento

 

Nessa semana, a Polícia Federal de Ribeirão Preto prendeu um homem portando material com conteúdo de pornografia infantil, em Sertãozinho. A prisão aconteceu na manhã da última quarta-feira, 27, em cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa do investigado.

Durante a busca na residência do envolvido foram encontrados materiais de pornografia infantil em suportes de mídia variados, o que levou à prisão em flagrante do investigado pelo crime previsto no Estatuto da Criança e Adolescente, cuja pena pode chegar a quatro anos de reclusão.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, foi constatado ao longo das investigações, que o homem de 59 anos, que não teve seu nome revelado, disponibilizou na internet mais de 18,6 mil arquivos de pornografia infantil, porém, não há indícios de que o suspeito tenha produzido os arquivos com conteúdo ou que tenha praticado tais atos com crianças e adolescentes.

O suspeito foi levado para a sede da Polícia Federal em Ribeirão Preto e vai responder pelo crime previsto no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que é "Vender ou expor à venda fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente".

Essa foi a segunda vez em menos de um ano que a Polícia Federal prendeu um suspeito de disponibilizar conteúdo de pornografia infantil aqui na cidade. A primeira aconteceu em julho, depois de uma operação contra o mesmo tipo de crime chamada de "Operação Safety". Na ocasião, além de um homem preso em Sertãozinho, a PF prendeu outros três em diferentes municípios, como, Bebedouro, Jaboticabal e Santa Rosa de Viterbo.