Civil investiga denúncia de estupro contra jovem de 15 anos em Sertãozinho; o irmão dela é o principal suspeito

Civil investiga denúncia de estupro contra jovem de 15 anos em Sertãozinho; o irmão dela é o principal suspeito
15/10/2020

A Polícia Civil de Sertãozinho investiga uma denúncia de estupro contra uma jovem de 15 anos, que teve gravidez confirmada no HC-UE (Hospital das Clínicas – Unidade de Emergência) de Ribeirão Preto, na última quarta-feira (7). O principal suspeito do estupro é o próprio irmão da vítima.

Segundo informações do boletim de ocorrência, funcionários do HC-UE acionaram os Policiais Civis da CPJ (Central de Polícia Judiciária), após constatar a gravidez da vítima de 15 anos. Aos agentes a vítima disse que o irmão manteve relação sexual com ela há cinco meses, sem o seu consentimento.

Ainda de acordo com a vítima, os abusos teriam começado quando ela tinha 12 anos.

Antes de ser encaminhada ao HC-UE, para a confirmação da gravidez, a adolescente se queixou de dores na barriga e foi levada pelo pai a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Sertãozinho. No relato aos policiais, uma assistente social que acompanha o caso afirmou que o pai teria deixado a unidade, enquanto a filha ainda estava em atendimento.

O motivo do abandono da jovem ainda é desconhecido. Após o fato, a PM (Polícia Militar) e o Conselho Tutelar foram acionados e compareceram à residência da família. Em seguida, a jovem deu entrada no HC-UE de Ribeirão. O caso foi registrado como estupro consumado.

A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Sertãozinho, investiga o caso.