CIDADE MIRIM DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO “DR. REINALDO DOS SANTOS”, HOMENAGEM DA VEREADORA NELI TONIELO

CIDADE MIRIM DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO “DR. REINALDO DOS SANTOS”, HOMENAGEM DA VEREADORA NELI TONIELO
06/09/2019

No dia 24 de agosto foi inaugurada a Cidade Mirim de Educação Para o Trânsito “Dr. Reinaldo dos Santos” uma denominação de autoria da Vereadora Neli Tonielo e com autor Vereador Rogério Magrini. Abaixo o currículo ilibado do Dr Reinaldo.

“Reinaldo dos Santos natural de Barretos, nascido aos 15 de abril de 1937, filho de José Antônio dos Santos e de Iracema Ribeiro dos Santos – o mais velho de 12 irmãos começou a trabalhar aos 7 anos de idade para o auxílio familiar levando marmita para funcionários da frigorifico Bandeirantes.

Trabalhou como ajudante no foto Froner da cidade de Barretos onde iniciou e profissionalizou-se como fotógrafo, realizando inúmeros registros de festas particulares de aniversário e casamentos bem como da principal festa daquela cidade, Peão de Boiadeiro, desde sua fundação pelo Clube Os Independentes.

Com citada profissão capacitou-se ao cargo de fotógrafo extranumerário do Instituto de Polícia Técnica (IPT) da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo em data de 04 de janeiro de 1963 exercendo essa função até 29 de agosto de 1969, quando foi nomeado, por aprovação em concurso, no cargo de Escrivão de Polícia, sendo lotado na Delegacia Seccional de Polícia de Barretos.

Já tendo constituído sua família, naquela ocasião, com sua esposa Noêmia Ferreira dos Santos e com os frutos desta união nasceram Reinaldo dos Santos Junior e Verônica Regina dos Santos. Manteve-se focado em sua prosperidade profissional iniciando o curso de Direito na Faculdade de Direito Riopretense (FADIR) — na cidade de São José do Rio Preto/SP, onde bacharelou-se concluindo o grau em 31 de janeiro de 1974.

Capacitado com o seu bacharelado foi nomeado no cargo então existente de Delegado de Polícia Substituto com exercício na Delegacia de Polícia do Município de Jaú, respondendo pelo expediente da Delegacia de Polícia do Município de Bocaina a partir de 10 de janeiro de 1978 onde permaneceu até 21 de abril de 1978 quando passou a responder como Delegado de Polícia Substituto pelo expediente da Delegacia de Polícia do Município de Ibitinga.

No ano de 1978 também veio a responder por expediente nas Delegacias de Polícia dos Municípios de Bariri e Boracéia.

Focado em sua efetivação prestou concurso para Delegado de Polícia, conseguindo seu intuito em 70º lugar numa classificação de mais de 200 aprovados, ingressando no cargo de Delegado de Polícia Efetivo em 19 de novembro de 1981, continuando lotado na Delegacia seccional de Polícia de Jaú, exercendo as atividades de sua função naquele município e região.

Vindo a conhecer a cidade de Sertãozinho quando da passagem do seu irmão na gerência do Banco do Brasil e gostando da cidade, vendo a possibilidade de se estabelecer numa cidade do interior com um imenso potencial de crescimento, uma cidade limpa e acolhedora, próxima ao grande centro de Ribeirão Preto, ótimo núcleo para o desenvolvimento de seus jovens filhos, não teve dúvidas em pedir sua transferência para este município cuja designação ocorreu em 01 de julho de 1983, assumindo a suas funções junto a Delegacia de Polícia de Município de Sertãozinho.

Em 15 de agosto de 1983 foi designado titular da 131º CIRETRAN de Sertãozinho, onde primou na organização do setor, nos contatos com as autoescolas e despachantes locais, nas melhorias possíveis quanto aos locais de exames de trânsito, bem como com o contato direto com a população na resolução de seus problemas veiculares, de habilitação e outros afins àquele departamento e assim foi se envolvendo na sociedade sertanezina.

Por sua própria característica de personalidade alegre, comunicativa e integridade, seu envolvimento social nesta comunidade fluiu fácil e gradativamente também sendo muito auxiliado por fazer parte do quadro de membros da Maçonaria da qual participa desde 05 de outubro de 1974 quando iniciou na Loja Maçônica Fraternidade Paulista de Barretos dando continuidade pelas cidades pelas quais passou e em Sertãozinho fazendo parte da Loja Maçônica Amadeu Amaral. Nesta Loja teve a honra de tornar-se Venerável no biênio 2000-2002, quando seu envolvimento com filantropia desta comunidade ficou mais direta e intensa ao seu cargo. Contudo, desde que neste município reside, sempre esteve envolvido com os eventos, atividades sociais, de filantropia e de festas e feiras organizadas pela Prefeitura de Sertãozinho, sempre com fim precípuo da ordem e desenvolvimento da população.

Assim, seguindo a sua vida familiar e profissional em data de 10 de abril de 1985 foi designado Delegado de Polícia do Município permanecendo até 10 de fevereiro de 1987, quando veio a se aposentar, continuando a viver nessa cidade onde foi e é até hoje muito bem recebido e acolhido e é dignificante viver.”