Campanha do Agasalho 2019 chega ao fim com 36 mil peças arrecadadas

Campanha do Agasalho 2019 chega ao fim com 36 mil peças arrecadadas
19/08/2019

Calças, blusas, camisas, casacos, calçados, mantas e cobertores. Nesta Campanha do Agalho, que começou em 6 de junho, e chegou ao fim no dia 31 de julho, a população doou 34.800 peças, todas em bom estado de aproveitamento, para aquecer o inverno dos mais necessitados. Somadas às 1.200 mantas de microfibra adquiridas pelo Município, a Campanha fechou seu balanço com 36 mil peças.

Desde o lançamento da mesma, diversas peças de roupas chegavam diariamente ao depósito do Fundo Social de Solidariedade e passavam por uma triagem, para identificar aquelas em bom estado de uso para serem encaminhadas para doação. “As que estavam sujas foram lavadas e as que não tinham condição de uso foram doadas para o canil municipal”, explica a assistente social do Fundo de Solidariedade, Francine Silva Nogueira.

Todas as peças arrecadadas foram destinadas a famílias vulneráveis atendidas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRASs) da cidade, ao Centro POP e também para entidades assistenciais do município.

A dona de casa Vera Lúcia Vallarin, de 61 anos, foi até o CRAS 1 para receber a doação de agasalhos para ela e o marido: calças, blusas, uma camisa e um par de tênis. “Esse foi o primeiro ano que participei. Fui muito bem atendida lá no CRAS e a qualidade das roupas superou as minhas expectativas. Gostei muito, pois me deixaram à vontade para escolher e eu encontrei o que estava precisando”, conta Vera, com gratidão.

Outra beneficiada pela campanha foi Joelma Cristina dos Santos Pereira, 39 anos. Atualmente à procura de emprego, Joelma, que tem um filho de 4 anos e uma filha de 11, recebeu uma das mantas adquiridas pela Prefeitura. “Eu me senti honrada, estava precisando. Esse inverno fez muito frio e o cobertor chegou em boa hora”, diz.

“Agradecemos à população que aderiu à campanha, que respondeu aos nossos chamados e fez doações. Foi um número suficiente de peças de roupa arrecadadas, de ótima qualidade. Ao ajudar a aquecer o frio daqueles que necessitam, a população promove a dignidade dessas pessoas, seja para procurar um emprego, para ir à escola ou até mesmo para fazer um lazer”, declara a secretária de Assistência Social e Cidadania e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Tatiane Cristina Pereira Guidoni.

Se você não conseguiu fazer a sua doação dentro do período da Campanha e tem em casa alguma peça de roupa em bom estado de conservação que já não usa mais, ainda é possível fazer a sua boa ação. “Durante o ano todo, o Fundo Social segue recebendo doações diversas, tanto de roupas e calçados, quanto de alimentos, utensílios e até móveis. Os munícipes podem trazer as doações pessoalmente ou, caso não tenham condições de trazer, o motorista da Secretaria pode buscar”, informa a assistente social Francine.

E a Secretária Tatiane Guidoni completa: “se houver dúvida sobre o que doar, ou se sua empresa fizer alguma campanha interna entre os funcionários, é só entrar em contato, que nós informaremos qual é a necessidade mais urgente no momento, para alguma entidade ou para a população em geral”.

 

 

O Fundo Social de Solidariedade está localizado à rua Auad Sader, 160, no Jardim Liberdade; e seu depósito fica à Av. Francisco de Assis Alvarenga, 465 – Shangri-lá. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3947-7374. (Departamento de Comunicação PMS)