Ações especiais contra a dengue continuam neste final de semana

Ações especiais contra a dengue continuam neste final de semana
24/01/2020

A meta da Administração Municipal é envolver a população no combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti, com o objetivo de evitar que o município enfrente uma situação epidêmica, que já é prevista pela Secretaria de Estado da Saúde em praticamente todas as cidades paulistas.
“As pessoas precisam entender que, acabar com a dengue é uma responsabilidade compartilhada. O poder público precisa fazer (e faz) a sua parte em Sertãozinho e Cruz das Posses, mas, ainda nos dias de hoje, lamentavelmente, quando realizamos visitas casa a casa, é muito comum encontrarmos piscinas cheias de larvas em residências habitadas, nas quais, inclusive, há pessoas que já contraíram a dengue”, conta o diretor da Divisão de Controle de Vetores, Juliano Mossin, que completa: “é necessário que a população compreenda que, a nebulização, o veneno que mata o mosquito alado, não é a medida fundamental para conter a doença, pois, se não eliminarmos os criadouros, mais mosquitos continuarão nascendo”.
A frase de ordem é: não deixe o mosquito nascer! Para isso, é preciso que cada morador tenha a responsabilidade de vistoriar sua própria residência, pelo menos uma vez por semana. “É praticamente uma medida de higiene. Uma vez por semana a pessoa pode verificar se suas calhas não estão entupidas, se não há acúmulo de água nos reservatórios de geladeiras, colocar sal ou água sanitária em ralos, pias e vasos sanitários de banheiros pouco ou nada utilizados, lavar com escova e sabão os comedouros e bebedouros dos animais de estimação, além de verificar se não há algum objeto esquecido no quintal, que possa estar acumulando água da chuva”, orienta Juliano Mossin.
Neste mês de janeiro, a equipe do Controle de Vetores está realizando as ações de rotina: bloqueio de criadouros em casos suspeitos e confirmados, termonebulização (conhecido como “fumacê”) em bairros com casos confirmados de dengue, além de visitação a indústrias, borracharias, depósitos de sucatas, cemitérios, escolas, UBSs e todos os prédios públicos. Além disso, outras atividades especiais estão programadas: neste sábado, dia 18, haverá visitação casa a casa no centro da cidade, e no dia 25, acontecerá um novo mutirão no bairro Jardim Alvorada. Tudo isso para tentar conter o avanço da dengue, já que, somente na primeira quinzena de 2020, 2 casos da doença foram confirmados e outros 160 estão aguardando resultado de exame.

Bloco “Dengue, tô fora”!

A Prefeitura de Sertãozinho está organizando uma ação global de prevenção à proliferação do Aedes aegypti para o dia 1º de fevereiro. Contando com agentes de saúde e de controle de vetores, além de voluntários, a Administração Municipal colocará o Bloco “Dengue, tô fora!” nas ruas da cidade e do Distrito de Cruz das Posses.
“Trata-se de uma ação que pretende envolver a população na responsabilidade que todos devem ter de prevenir a proliferação do mosquito. Agentes e voluntários serão divididos em setores e visitarão todas as residências da cidade, estimulando os moradores a descartarem possíveis criadouros, e também reforçando as medidas preventivas por meio de material informativo”, antecipa a secretária municipal de Saúde, Angélica Lazarini.
O objetivo da ação é prioritariamente a conscientização dos moradores. “Se não houver o envolvimento dos munícipes, monitorando suas residências, dificilmente venceremos a batalha contra a dengue, pois o mosquito se desenvolve muito rápido e, em 40 dias de vida, pode fazer dezenas de vítimas”, conclui Juliano.
Os detalhes da ação do Bloco “Dengue, tô fora!” serão divulgados nos próximos dias. (Departamento de Comunicação PMS)